segunda-feira, 4 de maio de 2009

Quem ri por último pode ser retardado

Eu nunca pensei que riria tanto de algo que eu achei que não fosse importante para mim. Descobri que não era, porque se fosse, eu não riria tanto. É irônico até demais. Gurizinhos merecem guriazinhas. E aqui estou eu, rindo de um gurizinho que encontrou sua guriazinha. Eu não serviria para ele, mesmo. E eu gargalho porque a bomba explodiu longe de mim e porque eu não me sinto culpada e nem envolvida. Gargalho de felicidade, de conseguir caminhar e rir dele. Gurizinhos merecem guriazinhas. Eu poderia estar usando esse tempo de melhor maneira, mas eu me permito rir muito, porque minha risada é melhor... ela foi dada por último.

domingo, 3 de maio de 2009

Porque Emile Hirsch?


Acho que eu sou tão fascinada e paranóica com esse cara que ninguém mais quer me ouvir quanto a ele. Recorro ao blog então! É o que me resta; falar do homem dos meus sonhos na internet. Loucura, não? Não sei se é loucura, mas que aqueles olhos felizes e verdinhos me fascinam e que aquela voz maluca dele me levam à loucura, ahh isso sim!

Ele é um cara muito talentoso, é engraçado, tem atitude e ainda por cima tem espaço de sobra pra ser bonitinho; Eu me sinto uma fã alucinada daquelas que berra o nome quando enxerga o cara em um trailer de filme ou daquelas loucas americanas que enxerga o cara no tapete vermelho e desmaia, mas eu não sei explicar.