sexta-feira, 4 de março de 2011

O Carrossel da Nostalgia

Eu não tenho como não me classificar como uma pessoa nostálgica. Eu sou totalmente nostálgica e acho que isso acontece porque eu tenho tendências a acreditar que o melhor pode já ter acontecido, então fico perdida no passado, imaginando como o hoje seria se eu tivesse ou não tivesse feito tal coisa. Sei que eu já tenho um post no blog dizendo isso, mas o tema não é o mesmo. Nem mesmo tem algo a ver com arrependimento, porque eu não acredito em arrependimento. Acho que tudo vira experiência, opinião compatível com a opinião de muita gente. Também não acho que o tema desse post seja querer mudar alguma coisa. É apenas gostar de lembrar o que aconteceu e ficar pensando nas possibilidades e nas possíveis reviravoltas que aquilo faria com a minha vida atualmente.