domingo, 4 de setembro de 2011

Ficwriters: os bichos-pau do mundo literário

Existe um inseto que é o mestre da camuflagem. Quando um ovo, finge ser uma pedra; quando adolescente finge ser um escorpião; quando adulto, finge ser um graveto e quando idoso, finge ser uma folha seca. Esse é o Bicho-Pau, mal visto diante dos olhos de todos os elementos que imita e sempre lembrado por isso, por não ser original. Talvez essa história soe estranha aos seus ouvidos, ainda mais se eu comparar a história do Bicho-Pau, e seus problemas de originalidade, com os escritores de Fanfic.

O que é uma fanfic? É uma narrativa escrita por um fã usando como base a história e as personagens já criadas por outros escritores. Apenas por essa explicação, já se pressupõe que o escritor de fanfic não pode ser chamado de escritor porque sua narrativa não é original, porque ele não criou aquele mundo e porque ele não é o dono daquelas personagens... Então chame a polícia, temos um violador dos direitos autorais aqui! E se eu dissesse que essa é uma visão completamente deturpada e preconceituosa para com os escritores de fanfic?

Eu sou uma escritora de fanfic há quatro anos. E foi assim que eu descobri a minha vocação. Foi assim que eu descobri que eu tenho talento em criar situações e fazer as pessoas acreditarem nelas através das minhas palavras. Eu tenho projetos de livros, bons capítulos escritos, mas ainda não bons o suficiente para arriscar um leitor de prova ou visitas à editoras... Ainda assim, eu me classifico como uma escritora, assim como os leitores das minhas fanfics. A situação é sempre a mesma:
   
- E você, o que faz?
- Ah, eu estudo e escrevo na maior parte do tempo.
- Escreve?
- É, eu sou escritora de fanfics. Sabe?
- Hum, fanfic?

   
E a conversa se desenrola a cerca do que seria uma fanfic e o mérito de um escritor de fanfics. O preconceito é enorme e como eu digo no título, para as pessoas, o escritor de fanfic é o Bicho-Pau do mundo literário. Ele é o não-original, aquele que usa as idéias de outras pessoas para ser conhecido e um dia, quem sabe, tentar ser criativo e escrever algo original. Para as pessoas, o escritor de fanfic apenas aproveita a onda de sucesso de alguma obra, seja ela em qualquer forma midiática (livros, filmes, mangás, videogames, etc.).
   
Não é assim. O escritor de fanfic sofre ainda mais do que o escritor original, e agora eu não falo mais de preconceito. Os Ficwriters (como são chamados na internet) tem o desafio de manter as personagens, a característica geral da trama, e o mundo criado pelo escritor, intactos enquanto escrevem sua trama por sobre os acontecimentos originais. Claro que nessa conta, eu não incluí ficwriters ruins, que acham que só porque gostam de certo conteúdo midiático, podem inventar uma história sobre ele e divulgar para os amigos. E aqui eu posso dar exemplos.

Minhas fanfics são sobre o universo Harry Potter, criados por J.K. Rowling. Uma coisa que um ficwriter nunca deveria fazer é esquecer que Hermione Granger nunca mudaria da noite para o dia, deixando os estudos de lado e começando a usar uma minissaia para conquistar Ron Weasley. O desafio está aqui: os bons ficwriters mantêm as personalidades das personagens e o universo em que vivem. Já que não foi você quem criou tal personagem ou universo, entendê-lo demanda mais atenção, concentração e sensibilidade.

É por isso que eu digo que o trabalho de um ficwriter não deve ser menosprezado, porque se a trama é boa, a narrativa tem qualidade, é porque ele tem capacidade de se tornar um escritor como os outros. Meu maior problema com as pessoas é o pré-conceito, o pré-julgamento... Com o escritor de fanfic o problema se intensifica porque eu sinto o preconceito cair sobre mim. Por isso, eu peço: antes de criticar um ficwriter por ele não ser original, pesquise sobre o trabalho de um bom ficwriter (frisando que eu falo de bons ficwriters) e procure ler o que ele escreveu. Quem sabe, você não se surpreende e descobre que o Bicho-Pau na verdade é uma pedra, um escorpião, um graveto ou uma folha seca?

2 comentários:

  1. Concordo plenamente!
    Um exemplo de um bom ficwriter é você!
    (:

    Olha a declaração de uma leitora de Férias Infernais, devia ganhar um capitulo por isso! hauhauhauhau

    Ass: Ana CR

    ResponderExcluir
  2. Achei o texto por acaso enquanto pesquisava desafios para ficwriter. Suas colocações foram muito boas, e realmente, manter uma personalidade do personagem é muito complicado e nem todos conseguem.

    ResponderExcluir

Se sinta à vontade para comentar o que quiser sobre o artigo lido, apenas mantenha o respeito às pessoas.