quinta-feira, 20 de março de 2014

Filhinhus dimamaes, uma espécie que precisa de extinção

Existe uma espécie de ser humano que é especialista em camuflagem e em ideias retrógradas quanto à tarefas domésticas, valores morais e papeis dos gêneros na sociedade. Os exemplares dessa espécie não são tão fáceis de serem encontrados por causa de sua inacreditável habilidade de fingirem ser o que não são, mas basta algum tempo de convivência para que a gente consiga fazer o diagnóstico certo. Não é extremo dizer que os Filhinhus Dimamaes são uma espécie parasita e uma praga da sociedade, pois, apesar do poder de camuflagem, eles são responsáveis por uma influência muito negativa no meio em que vivem. Para os Filhinhus Dimamaes, todo o ecossistema em que estão inseridos gira em torno deles e tudo o que está fora do tal ecossistema, ou funciona de maneira diferente, não presta, então eles acreditam que têm o dever de mostrar ao mundo como tudo é lindo no seu ecossistema, impondo a realidade que conhece a outras espécies.

Filhinhus Dimamaes não são raros, apesar da complexidade de suas existências. Todos nós já conhecemos um exemplar dessa espécie, e acho que especialmente as mulheres são as maiores conhecedoras dos costumes desse parasita, porque a forma mais comum de fazer o diagnóstico é através de um relacionamento amoroso. Eles normalmente se aproximam de nós sob a forma de namorados ou maridos e apresentam sua forma de mundo, tentando nos convencer a pensar como eles, mas ele quase nunca são bem sucedidos. É, eu já conheci um Filhinhus Dimamaes e não recomendo a ninguém.

sábado, 8 de março de 2014

Como "Bitten" é uma série sobre os opressores

Faz algumas semanas que eu venho acompanhando uma série chamada “Bitten” que estreou na televisão canadense no ano passado. A série fala sobre o universo dos lobisomens e, principalmente, sobre Elena, uma mulher que foi a única a sobreviver à mordida de um lobo e se tornou uma loba. Elena não gosta muito da nova condição dela e faz de tudo para levar uma vida normal, mas precisa se reencontrar com a personalidade lupina quando a segurança dela e da matilha dela entra em jogo. No universo de Bitten, uma única matilha representa as leis e a ordem da sociedade lupina, então são eles quem ditam as regras e são eles que aplicam o castigo em quem transgride essas regras.

Elena Michaels
Os lobos que não fazem parte dessa matilha, dessa família, são chamados de Mutts e vivem à parte na sociedade, sem conseguir manter residência fixa e sem poder construir famílias (no caso, matilhas), porque isso é contra as leis criadas pela matilha alfa. Jeremy Danver é o lobo alfa de toda a sociedade lupina e funciona como um rei ou imperador, onde a última palavra é sempre dele e não importa o que pensem os outros, nem mesmo aqueles que vivem debaixo do mesmo teto que ele, que seriam como um conselho. Elena faz parte desse “conselho”. Apresentada a estrutura política dessa sociedade, o que vem à nossa cabeça?