quarta-feira, 25 de março de 2015

"Dorothy" por Mariana Bortoletti

Olá!

Hoje não tem desafio de escrita aqui no blog porque eu quero mostrar outra coisa. Assim como eu falhei o desafio dia desses para falar sobre o meu cabelo, hoje eu vou falhar o desafio para mostrar um curta metragem (ou esquete, ainda tenho que descobrir!) escrito, atuado e editado por mim. O show de uma mulher só!



Quando eu acordei hoje, eu fiquei com a ideia fixa na cabeça de que eu tinha que fazer um curta onde eu era todos os personagens. Não sei porque ando fascinada com curtas nos últimos dias, mas para acalmar a minha ânsia, eu tomei a tarde de hoje para realizar esse desejo. Abri o word e escrevi um roteiro nada profissional usando um sonho que eu tive há alguns meses como base e comecei a montar os cenários. O sonho foi super rápido, mas ficou marcado no meu inconsciente porque foi muito engraçado.

Eu seguia a mim mesma no sonho enquanto participava de uma audição para um filme ou para uma peça de teatro. A audição era para Dorothy do Mágico de Oz, então eu estava vestida de azul e branco e comecei a falar sobre o meu cachorrinho e sobre a vida no Kansas, quando o diretor me mandou parar. Eles queriam uma Dorothy madura, sensual e que falasse alguma coisa em italiano. O engraçado é que disse no sonho as únicas palavras que sabia serem italianas, já que eu não falo italiano. O resultado está no vídeo.

Não sou atriz, nem diretora e muito menos cineasta, mas fiquei feliz com o resultado. O cenário é o meu quarto, o figurino são as minhas roupas (e do meu pai, no caso do diretor) e a câmera usada é o meu celular (além de o meu tripé serem várias caixas e cadeiras. Gostei do resultado mesmo assim, mesmo com a gambiarra toda. Acho até que vou fazer mais!

Enjoy ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se sinta à vontade para comentar o que quiser sobre o artigo lido, apenas mantenha o respeito às pessoas.